Acordo entre UFMS e Universidade do Marrocos abre oportunidade de mobilidade internacional para comunidade da ESAN

Postado por: Danilo Marroni

Mais um acordo de cooperação internacional foi firmado pela UFMS. Desta vez, trata-se da Universidade IBN Tofail, localizada em Kenitra, no Marrocos.O memorando de entendimento foi assinado, em maio, pelo Reitor da UFMS, professor Dr. Marcelo Augusto Santos Turine, a partir da iniciativa do professor Dr. Leandro Sauer, com o apoio do Diretor da Escola de Administração e Negócios (Esan), professor Dr. José Carlos de Jesus Lopes e do professor visitante Rachidi Mustapha, com o apoio do Diretor do Instituto de Matemática (Inma), professor Dr. Bruno Dias Amaro. O processo de formalização ficou sob a responsabilidade da Secretaria de Relações Internacionais (Serin) da Agência de Internacionalização e Inovação (Aginova) da UFMS.

“O objetivo é facilitar os intercâmbios e iniciativas de cooperação entre as duas universidades. Essas iniciativas são de vários tipos, por exemplo, intercâmbio estudantil, de docentes e técnicos, troca de material e documento, organização de conferências. Queremos criar e potencializar a mobilidade internacional entre as duas instituições”, explica o professor Leandro.

Segundo ele, a primeira ação que será desenvolvida em parceria é a 1ª Conferência Internacional de Governança, Economia e Finanças (ICGEF22) que vai ser realizada em 6 e 7 de outubro, presencialmente em Kenitra e Campo Grande. “Teremos as palestras acontecendo lá e apresentações em salas virtuais aqui na Esan”, conta Leandro. O prazo para submissão de trabalhos termina em 31 de julho e mais informações sobre a Conferência podem ser obtidas no portal icgef22.encgk.com.

“Atualmente estamos discutindo projetos de pesquisa a serem desenvolvidos pela Esan e a Escola Nacional de Ciência e Gestão, também entre a Faculdade de Computação da UFMS e a Escola Nacional de Ciência e Tecnologia, além de possíveis projetos em parceria com pesquisadores do Instituto de Matemática e da Faculdade de Artes, Letras e Comunicação”, fala o professor Leandro. De acordo com ele, o memorando tem duração de 60 meses e deve beneficiar outras unidades da UFMS.

Para a secretária de Relações Internacionais Lucilene Machado Garcia Arf é crescente a importância da cooperação internacional nas instituições de ensino superior. “A cooperação acadêmica internacional, especialmente nos últimos anos, vem adquirindo fundamental importância junto às instituições de ensino superior brasileiras e estrangeiras. As universidades têm esse desafio de repensarem o seu papel enquanto instituições que abrigam a multiplicidade de valores e opiniões que enfatizam o caráter universal do conhecimento. Diante disso, todos os acordos e convênios têm a sua importância, desde que ações sejam desenvolvidas”, comenta.

“No caso de Kenitra, é um acordo que vem crescendo e englobando vários cursos, o que pode se transforma em um acordo global envolvendo toda a universidade daqui e de lá. A visita que os professores de lá farão à Universidade e que os daqui farão lá intensificam com muita avidez os laços transnacionais, estabelecendo conexões e criando redes de saber universal”, destaca a secretária.

Segundo Lucilene atualmente há 33 acordos vigentes de cooperação internacional na UFMS. “É difícil citar todos, mas estamos intensificando também os nossos laços com as comunidades científicas de diferentes partes do planeta, reforçando a premissa de que é no seio da universidade que devem ocorrer os grandes avanços científicos e tecnológicos e a efetiva integração dos povos, respeitando, acima de tudo, as diferenças e as especificidades de cada nação”, finaliza

 

Texto: Vanessa Amin/Lúcia Santos com adaptações para o site da ESAN

Fotografia: Acervo Universidade IBN Tofail

Fonte: Portal da UFMS